Informações e Normas – Estágio em Patologia do Trato Genital Inferior e Colposcopia

O Instituto de Colposcopia e Prevenção de Câncer Ginecológico de Brasília – ICB, um centro especializado em Patologia do Trato Genital Inferior e Colposcopia, bem como no tratamento cirúrgico dos cânceres genitais, vem oferecer aos médicos do Distrito Federal e outras Regiões a oportunidade de se capacitarem nessa área tão apaixonante que é a Patologia do Trato Genital Inferior (PTGI) e Colposcopia.

Através do seu Corpo Clínico especializado, o ICB realiza um projeto de treinamento em Colposcopia e PTGI, na forma de Estágio possibilitando assim aos médicos interessados, o cumprimento do pré-requisito da Associação Brasileira de Patologia do Trato Genital Inferior e Colposcopia (ABPTGIC), para o exame do Título de Qualificação dessa Sociedade que é realizado anualmente.

A Programação do Estágio foi feita com o objetivo de introduzir os médicos iniciantes nessa área da Ginecologia, oferecendo aos inscritos uma carga horária teórica que julgamos obrigatória a todos, bem como um aprendizado gradativo do exame colposcópico – histórico e técnica, anatomia e fisiologia do Trato Genital Inferior (TGI), noções de citopatologia e histopatologia, indicações do exame e condutas frente às alterações citopatológicas, colposcópicas e histopatológicas.

Os inscritos no Estágio Teórico receberão os seus Certificados de Conclusão de 30 horas/aula mediante cumprimento de frequência de 80% da Carga Horária das aulas teóricas.

Para a inscrição na Parte Prática do Estágio, o aluno precisará além da frequência de 80% das aulas teóricas, ser aprovado na Avaliação Final da Parte Teórica. A Avaliação será uma Prova com 30 questões de múltipla escolha, com situações-problema escritas e/ou casos clínicos com imagens de exames em fotos. A Nota mínima para aprovação é de 70% da prova.

Sendo o candidato aprovado no curso teórico do Estágio e tendo interesse em fazer o Curso Prático, o aluno passará pela seleção e avaliação dos Coordenadores do estágio para ingressarem na parte prática do Estágio.

Os inscritos na Parte Prática do Estágio receberão os seus Certificados de Conclusão mediante aprovação no Estágio e para isso deverão ter frequência mínima de 80% e atingirem nota maior ou igual a 70%, na avaliação geral dos monitores (média das notas de cada monitor) e no Teste Final, que será de 30 questões de múltipla escolha, com situações-problema escritas e/ou com imagens de exames em fotos.

Conforme programação detalhada a seguir, os participantes deverão acompanhar os Membros do Corpo Clínico do ICB (Monitores) em seus atendimentos ambulatoriais, como ouvintes e assistentes na Parte Prática do Estágio e participar da carga horária teórica do Estágio, com aulas teóricas, clubes de revista e discussão de casos clínicos.

Consta também da programação do Estagiário, a realização de exames colposcópicos em pacientes pré-selecionadas, de tal forma que cada Estagiário possa realizar pelo menos 15 exames, sob supervisão dos Monitores.

Será oferecida também prática experimental em Cirurgia de Alta Frequência (CAF) durante a Parte Prática do Estágio.

Serão oferecidas 20 vagas para programação teórica e as aulas serão realizadas durante a semana no período da noite e aos sábados de manhã, entre os dias 03 e 24 de Março de 2020, com o total de 30 horas aula, sendo fornecido o certificado de conclusão mediante 80% de frequência no curso, mesmo para aqueles que optarem por não fazer a Prova Teórica.

Em caso de não aprovação do aluno na parte prática do estágio, seja na avaliação dos monitores ou na prova escrita do final do curso, o instituto disponibilizará a recuperação que terá um custo adicional de R$ 1.500,00 (Um Mil e Quinhentos Reais) ao aluno, que poderá ter mais 5 períodos de acompanhamento com os monitores, e/ou a realização de uma nova avaliação escrita.

Clique no botão abaixo para acessar a página oficial do Estágio 2019